5º Congresso Científico Têxtil e Moda

24 a 28 de abril de 2017 - Centro Universitário FEI Campus São Paulo - Rua Tamandaré, 688 - SP

Confira a Programação Clique aqui e faça sua inscrição!


Quem Somos

A ABTT - Associação Brasileira de Tecnologia Têxtil, Confecção e Moda, tem entre seus objetivos promover o intercâmbio de ideias e experiências entre os seus associados e os demais profissionais têxteis de outros países, bem como com entidades congêneres nacionais e estrangeiras.

A ABTT foi fundada em 02 de novembro de 1962 como Associação Brasileira de Técnicos Têxteis (nome adotado até abril de 2015), em assembleia realizada na Escola Técnica da Indústria Químico e Têxtil (hoje SENAI-CETIQT) no Rio de Janeiro com a presença de 73 técnicos têxteis. Até 1989 os associados da ABTT eram exclusivamente "técnicos e engenheiros têxteis formados em instituições oficiais do Brasil ou do exterior".

A partir de então, apesar de manter seu nome original, é uma instituição aberta a todos os profissionais atuantes na cadeia produtiva têxtil - vestuário, desde que possuidores de formação em nível de segundo grau ou superior, reconhecidos como tal pela legislação oficial do país, em âmbito nacional.

O Centro Universitário FEI nasceu há mais de 75 anos pela iniciativa de um padre visionário que soube captar as necessidades de um Brasil que crescia e se modernizava.

Temos orgulho de nossa história e de nossa trajetória de crescimento. Mais do que acompanhar as transformações tecnológicas e da sociedade, ajudamos a construir o futuro.

Buscamos excelência em tudo o que fazemos, somos exigentes. Sabemos que uma sociedade melhor se constrói com o esforço de todos.

Nosso DNA é tecnológico, mas nossa alma é humana. Somos comprometidos com uma educação de qualidade, mas vamos além: formar ótimos profissionais que também são melhores pessoas.

Somos a FEI. Inovando em gestão e tecnologia para a evolução da sociedade.

A USP - Universidade de São Paulo é uma universidade pública, mantida pelo Estado de São Paulo e ligada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. O talento e dedicação dos docentes, alunos e funcionários têm sido reconhecidos por diferentes rankings mundiais, criados para medir a qualidade das universidades a partir de diversos critérios, principalmente os relacionados à produtividade científica.

Esse desempenho, gerado ao longo de 80 anos de uma intensa busca pela excelência, permite à USP integrar um seleto grupo de instituições de padrão mundial. Sua graduação é formada por 249 cursos, dedicados a todas as áreas do conhecimento, distribuídos em 42 Unidades de Ensino e Pesquisa, com mais de 58 mil alunos. A pós-graduação é composta por 239 programas, dos quais fazem parte 332 cursos de mestrado e 309 de doutorado e que têm mais de 28 mil matriculados. Atualmente, a USP é responsável por 22% da produção científica do país.

Para desenvolver suas atividades, a USP conta com diversos campi, distribuídos pelas cidades de São Paulo, Bauru, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, além de Unidades de Ensino, Museus e Centros de pesquisa situados fora desses espaços e em diferentes municípios.

Áreas Temáticas

Gestão da Cadeia Têxtil

Empresas têxteis de um modo geral

Tecnologia Têxtil

Processos, produtos (têxteis convencionais, têxteis técnicos e funcionais, nãotecidos) e equipamentos

Moda

Design, cultura, tecnologia de confecção, design de superfície, processos criativos, história

Sustentabilidade na Indústria Têxtil e de Moda

Programação

24 de Abril
Horário Atividade Local
19h às 21h Abertura do 5º CONTEXMOD, XXVII CNTT, CIMTT e Coquetel Auditório Principal
25 de Abril
Horário Atividade Local
8h30 às 9h30 Credenciamento Saguão de Entrada
9h30 às 10h00 Recepção (coffee) – Entrega do Pôster Saguão de Entrada
10h00 às 11h00 Abertura e Conferência
Driving the Future - Poliamida - Rhodia FIBRAS.
Renato Boaventura - Presidente GBU Fibras
Auditório Principal
11h00 às 12h00 Apresentação Oral Confira a programação Salas 15, 16, 17 e 18
26 de Abril
Horário Atividade Local
8h30 às 9h00 Credenciamento Saguão de Entrada
9h00 às 10h00 Sessão de Pôsteres com Coffee Confira a programação Saguão de Entrada
10h00 às 10h45 Conferência -
Economia colaborativa - A TexPrima apresenta o conceito da loja oficina
Bruno H Medeiros Souza e Karina Custodio
Auditório Principal
11h00 às 12h00 Apresentação Oral Confira a programação Salas 15, 16, 17 e 18
27 de Abril
Horário Atividade Local
8h30 às 9h00 Credenciamento Saguão de Entrada
9h00 às 10h00 Sessão de Pôsteres com Coffee Confira a programação Saguão de Entrada
10h00 às 10h45 Conferência
Moda no plano da Cultura
Kathia Castilho - Setorial de Moda - SP do Conselho Nacional de Política Cultural
Auditório Principal
11h00 às 12h00 Apresentação Oral Confira a programação Salas 15, 16, 17 e 18
28 de Abril
Horário Atividade Local
8h30 às 9h00 Credenciamento e coffee Saguão de Entrada
9h00 às 11h00 Forúm das Instituições de Ensino Têxtil Auditório Principal
11h15 às 12h00 Encerramento e lançamento de livros

Arquitetura do Corpo e sua Segunda Pele: Planificação do Tronco Feminino e suas vestes Volume : Blusas. - Editora: Nova Consciência, Capivari-SP 2017 Autores: Francisca Dantas Mendes (EACH-USP) e Emerson Otsuka.

A Dança do Corpo Vestido: um estudo do desenvolvimento do figurino de balé clássico até o século XIX - Editora MOMBAK, São Paulo-SP 2015 Autora: Francisca Dantas Mendes. (EACH-USP)

2ªedição “A quarta revolução industrial do setor têxtil e de confecção: A visão de futuro para 2030”, Estação das Letras e Cores Editora – Autor:, Flávio da Silveira Bruno (Senai - Cetiqt)
Auditório Principal e Saguão
Submissão de Trabalhos

Informe do Aceite
Final dos Trabalhos Corrigidos

31 de março de 2017

Comunicação de apresentação oral ou pôster

A ABTT convida para participar do programa acadêmico do 5º CONTEXMOD que ocorrerá entre os dias 24 a 28 de abril de 2017 em São Paulo - SP, que terá apresentações orais (de no máximo 15 minutos) e pôsteres de trabalhos de pesquisa científica e tecnológica, relacionados com os temas Tecnologia, Moda e Gestão, bem como diversos mini-cursos relativos ao segmento têxtil.


Instruções para apresentação de
trabalhos escritos

Clique aqui para baixar o template do trabalho


O 5º CONTEXMOD é uma oportunidade de intercâmbio de conhecimentos, discussão dos resultados de pesquisas e validações e transferência de tecnologias relacionados com a cadeia produtiva Têxtil e de Moda e disciplinas ou temas afins. Por esse motivo, os trabalhos científicos, completos e terminados estão convidados a serem inscritos.

Os trabalhos que forem aceitos serão apresentados oralmente e/ou em forma de pôster, em murais específicos para esta finalidade.

Apresentação: haverá um número limitado de sessões cujos títulos e coordenadores serão publicados na página eletrônica da ABTT – www.abtt.org.br e do 5º CONTEXMODwww.contexmod.com.br.

Os trabalhos deverão ser submetidos de forma única e exclusivamente via internet até o dia 01 de fevereiro de 2017.

Ao submeter o seu trabalho pela Internet:

  1. Cadastrar o autor ou os autores.
  2. Para cadastrar os trabalhos acesse o site. No 5º Contexmod clique em cadastrar. Preencha seu cadastro e marque a opção Autor: Pode submeter a revista, depois siga as instruções das telas.
  3. Os trabalhos devem ser submetidos no seguinte formato:
    • Editor de texto: Word;
    • Sem qualquer identificação ou indicação de autoria no campo "propriedade" e no corpo de trabalho.
    • Em hipótese alguma será aceito a inclusão de autor após a submissão.


Formatação do trabalho:

  • Formato do papel: A4;
  • Fonte: Times New Roman/tamanho 12;
  • Espaçamento: 1,5, sendo o texto disposto em uma coluna;
  • Alinhamento: justificado;
  • Margens: Superior: 3 cm; inferior: 2 cm; esquerda: 3 cm; direita: 2 cm.


O trabalho pode ter no mínimo 6 páginas e no máximo 10 páginas, incluindo o texto propriamente dito, ilustrações e referências bibliográficas. Na primeira página do trabalho deverá constar: (esta página não inclui no total de 10 páginas):

  • Área temática;
  • Título do trabalho;
  • Resumo (250 palavras no mesmo idioma do trabalho).
  • Abstract (250 palavras).
  • Três palavras chaves que identifiquem de maneira precisa o conteúdo do artigo.


Estrutura sugerida para artigo científico:

  • Introdução
  • Problema de pesquisa e objetivo
  • Revisão bibliográfica
  • Metodologia
  • Análise dos resultados
  • Conclusão
  • Referências
  • Agradecimentos.

No relato de caso buscam-se boas descrições e as lições conceituais e instrumentais, admitindo-se menor rigor na metodologia e revisão da bibliografia científica.

As referências bibliográficas deverão ser citadas ao longo do texto de acordo com o sistema (autor-data), e apresentadas em ordem alfabética no final do trabalho, de acordo com a norma ABNT/NBR-6023.

Os trabalhos inscritos e aceitos serão publicados no site da ABTT - Contexmod –www.contexmod.com.br.


Os trabalhos inscritos não serão aceitos quando:

  • Tiverem erros ou argumentos que não sejam cientificamente comprováveis, como “procedimentos da prática comum” ou “os resultados serão apresentados”.
  • Forem simples emissões de opiniões ou materiais especulativos.
  • Atentarem contra o espírito científico do congresso ou as inferências forem feitas com objetivos comerciais.
  • O trabalho não apresentar dados ou conjeturas relacionados com os objetivos.
  • Forem apresentados dados sem análise numérica ou estimações da variação. A análise estatística da informação for incorreta ou não sustentar as conclusões do trabalho.
  • As unidades de medida não forem descritas e o sistema métrico não for usado.
  • Houver erros gramaticais ou de “tipografia”.
  • For citada qualquer literatura e as referências não forem apresentadas.
  • Sejam usados acrônimos ou siglas no começo de um parágrafo sem terem sido definidos.
  • Não cumprirem com os requisitos do formato de apresentação.
  • Possuírem, em seu corpo, propriedade ou em seu texto, qualquer referência que permita identificar o, ou os autores.
  • Houver plágio.

O conteúdo e apresentação dos resumos é responsabilidade dos autores. A qualidade é um reflexo da imagem dos autores, mas também do Congresso. Caso seja necessário oferecer mais informações relacionadas com os parâmetros de qualidade, agradeceremos entrar em contato com o Comitê Organizador em cc@abtt.org.br.


Formatos para Apresentação: Durante o congresso, os trabalhos serão apresentados de forma oral, com uso de projetor, com um tempo máximo de 15 minutos incluindo 3 minutos para perguntas, ou no formato de pôster.

Clique aqui para baixar o template do pôster


Recepção e data limite: os trabalhos deverão ser enviados através do site www.contexmod.net.br até o dia 01 de fevereiro de 2017.

Inscrição: Os responsáveis pela apresentação de cada trabalho que for aceito, se comprometem a realizar o pagamento da sua inscrição (não reembolsável), a até dia 20 de abril de 2017, caso contrário serão eliminados do programa e das publicações.

 

Inscrições Abertas

Valores
  Sócio da ABTT R$ 100,00
  Sócio Empresa ABTT R$ 100,00
  Sócios Aspirantes ABTT R$ 100,00
  Não Sócios R$ 200,00
  Estudantes e Professores* R$ 200,00
  Ouvintes R$ 20,00

Clique aqui e faça sua inscrição!

*Estudantes e professores deverão comprovar suas categorias apresentando, no ato da inscrição, um documento oficial da instituição a qual pertencem.

Comitê

Comitê Científico:

  • Presidente: Prof. Dr. Mauricio de Campos Araujo - EACH – USP 
  • Vice Presidente: Prof. Dr. Fábio Lotti Oliva - FEA – USP


Coordenador Local SP:

  • Prof. Mrs. Fernando Barros de Vasconcelos – FEI

Coordenação ABTT:

  • Prof. Dr. Eric Jacques Lucien Winandy – FGV e FATEC
  • Prof. Ms. Antonio César Corradi – Presidente da ABTT

Comitê Científico de Gestão:

  • Coordenador: Prof. Dr. Adilson Caldeira - MACKENZIE  
  • Prof. Dr. Alberto Medeiros Junior - MACKENZIE 
  • Prof. Dr. Dib Karam Junior - EACH – USP
  • Prof. Dr. João Paulo Marcicano – EACH-USP 
  • Prof. Dr.André Ricardo Robic - IBMODA
  • Profa. Dra. Luciane Robic - IBMODA

Comitê Científico de Tecnologia:

  • Coordenadora: Profª. Drª. Camilla Borelli – FEI e EACH-USP
  • Profª. Drª. Ana Paula Serafini Immich Boemo – UFSC 
  • Profª. Drª. Cintia Marangoni – UFSC
  • Prof. Dr. Fernando Ribeiro Oliveira – UFRN
  • Prof. Dr. José Alexandre Borges Valle – UFSC 
  • Prof. Dr. Jose Heriberto Oliveira do Nascimento – UFRN
  • Prof. Dr. Jorge Rosa - Faculdade Antonie Skaf - Senai-SP
  • Prof. Drª. Késsia Souto Silva– UFRN
  • Profª. Drª. Rita de Cassia Siqueira Curto Valle – UFSC  
  • Profª. Drª. Silgia Aparecida de Costa - EACH – USP
  • Profª. Drª. Sirlene Maria da Costa da EACH-USP
  • Profª. Drª. Catia Rosana Lange de Aguiar - UFSC 
  • Profª. Drª. Valquiria Aparecida dos Santos Ribeiro - UTFPR

Comitê Científico de Moda:

  • Coordenadora: Profª. Drª. Lavínia Seabra – UFG 
  • Prof. Dr .Lucas da Rosa – UDESC
  • Profª. Drª. Araguacy Paixão Almeida Filgueiras – UFC
  • Profª. Drª. Rita M. Andrade – FAV – UFG
  • Profª. Drª. Suzana Helena de Avelar Gomes EACH-USP
  • Drª. Kathia Castilho - Abepem
  • Prof. Dr. Flávio Sabra - Senai CETIQT

Comitê Científico de Sustentabilidade:

  • Coordenadora: Profª. Drª. Francisca Dantas Mendes - EACH – USP
  • Prof. Dr. Elias Basile Tambourgi - Engenharia Química – Unicamp - SP
  • Prof. Dr. José Carlos Curvelo Santana – Engenharia da Produção – UNINOVE-SP
  • Prof. Dr. Jürgen Andreaus – Química – Furb - Blumenau
  • Prof. Dr .Antonio Takao Kanamaru – EACH-US
  • Profa. Dra Patricia Santana – Unicamp

Avaliação dos Trabalhos

Os trabalhos serão avaliados por “double blind review”, coordenados pelo Comitê Científico do 5º CONTEXMOD – Congresso Científico Têxtil e de Moda. A notificação de aceitação será feita por correio eletrônico dirigido ao autor responsável e a lista de trabalhos aceitos será publicada indicando a forma de apresentação, data, hora e local designado, sem possibilidade de revisão, com o programa definitivo na página eletrônica do Congresso - www.contexmod.com.br.

Contato/Local

Em caso de dúvida, por favor, envie um e-mail para: cc@abtt.org.br ou Camilla Borelli: cborelli@fei.edu.br ou Fernando Barros: prefvasconcelos@fei.edu.br.


Centro Universitário FEI - campus São Paulo.

Rua Tamandaré, 688 - Liberdade - São Paulo - SP.

×

Sala 1: Moda

Moda e Vestuário Vegan: Atuação de Empresas e Demandas de Consumidores

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Inserção De Fios Condutores Em Têxteis

Sala 3: Sustentabilidade

Disposição Final E Reuso De Têxteis De Algodão E Poliéster

Sala 4: Gestão

Gestão Da Cadeia Produtiva Têxtil: Uma Abordagem À Luz Da Pesquisa Operacional

Sala 1: Moda

O Nascimento E Renascimento Do Balé La Sylphide E A Criação Do Tutu Romântico

Sala 2: Tecnologia Têxtil

CAMA, MESA E BANHO: SETOR E TIPOS DE TEAR NO BRASIL

Sala 3: Sustentabilidade

"Alternativas Inovadoras E Sustentáveis Para O Desenvolvimento De Produtos De Moda, Com Ênfase Nas Técnicas De Ideação E Modelagem Focadas No Zero Waste: Uma Abordagem Slow Fashion".

Sala 4: Gestão

Retenção De Talentos No Setor De Produção De Uma Indústria Têxtil

Sala 1: Moda

Consciência De Projeto: Metodologias Para A Busca De Sentidos E Conceitos Em Design De Moda

Sala 2: Tecnologia Têxtil

ANÁLISE DA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL DOS EGRESSOS DO CURSO TÉCNICO EM TÊXTIL DO IFSC – CAMPUS ARARANGUÁ

Sala 3: Sustentabilidade

Tratamento Térmico De Resíduo Sólido Para Utilização Como Adsorvente De Corante Reativo

Sala 4: Gestão

Clima Organizacional E Downsizing: Relato De Caso Em Uma Loja De Roupas Populares No Ipiranga

Sala 1: Moda

-

Sala 2: Tecnologia Têxtil

-

Sala 3: Sustentabilidade

Moda Sustenável: Um Estudo De Desenvolvimento De Produto Ultilizando O Beneficiamento Handmade

Sala 4: Gestão

-

×
Apresentação em Pôster
09h00 às 10h00

Pôster:

Publicações Acerca Da História Da Indústria De Vestuário/Moda No Paraná: Uma Análise

Pôster:

O Movimento Freegender E A Moda: Perspectivas Sobre O Mercado Consumidor E Design De Produto

Pôster:

A Aplicação Da Escala Reduzida Na Modelagem Plana Do Vestuário: Um Relato De Compartilhamento De Conhecimento

Pôster:

Agregando Valor Aos Produtos Por Meio Da Metodologia Do Design Thinking

Pôster:

Fator De Proteção Ultravioleta De Diferentes Substratos De Poliamida

Pôster:

“Corante Direto Não Presta!”, Mito Ou Verdade? Vantagens E Desvantagens Em Duas Cores Desenvolvidas Com Corantes Diretos E Reativos

Pôster:

Manufaturas De Tapetes Andinos: Cultura E Tecnologia

Pôster:

A Percepção Do Usuário De Uniforme Profissional : Um Estudo Exploratório Nas Regiões Da Grande São Paulo E Noroeste Do Estado

×

Sala 1: Moda

Acervo Têxtil Como Ferramenta Para Projetos De Ensino, Cultura E Extensão

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Têxteis Antimicrobianos De Algodão Funcionalizados In Situ Com Oxido De Cobre

Sala 3: Sustentabilidade

Iniciativas Para A Redução E Reuso De Resíduos Têxteis

Sala 4: Gestão

A Produção Acadêmica Brasileira Sobre Gestão No Setor Textil: Considerações, Provocações E Reflexões Sobre A Atual Produção Da Área

Sala 1: Moda

Representações Sociais Construídas Por Rapazes Gays Sobre “Modos De Vestir Gay”

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Resíduo Da Indústria De Alumínio Como Adsorvente Aumenta A Eficiência Da Remoção Da Cor De Efluente Têxtil Por Processo Oxidativo Avançado (Uv/H2o2)

Sala 3: Sustentabilidade

Ecodesign De Acessórios De Moda: Desenvolvendo A Sustentabilidade Num Curso De Formação Inicial E Continuada

Sala 4: Gestão

Estudo Da Capacidade Dinâmica De Coordenação Em Empresas Do Setor Têxtil Do Paraná

Sala 1: Moda

A Dimensão Cultural Do Consumo De Moda: Uma Discussão Teórica

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Encapsulação De Fármaco Coagulante Via Gelificação Iônica

Sala 3: Sustentabilidade

O Ecodesign Através Do Upcycling De Uniformes Profissionais

Sala 4: Gestão

Estudo Da Produtividade Em Cooperativa De Trabalho Social Em Confecção Da Grande São Paulo Pela Técnica De Tempos E Métodos.

Sala 1: Moda

A Presença De Modelos Negras Na Revista Vogue Brasil: Uma Análise Comparativa (2009-2012 E 2013-2016)

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Hidrofilidade Em Malha 100% Algodão Com Diferentes Tensoativos E Enzimas

Sala 3: Sustentabilidade

Destilação Por Membranas Aplicada Ao Tratamento De Águas Residuais Da Indústria Têxtil

Sala 4: Gestão

Matriz De Priorização Aplicada Ao Princípio Inventivo Na Triz Em Processo Criativo De Produtos Têxteis

×
Apresentação em Pôster
09h00 às 10h00

Pôster:

Vestuário Inclusivo: Vestuário Para Portadores De Paralisia Cerebral

Pôster:

Desenvolvimento De Produto Underwear Para Mulheres Mastectomizadas

Pôster:

A Moda E Os Portadores De Acondroplasia: Um Estudo Comparativo Através Da Modelagem De Calça

Pôster:

Teste De Costurabilidade: Uma Análise Pré E Pós Implantação Do Método De Ensaio Da Norma Nbr 13483

Pôster:

Estudo Da Integração De Sensores Aos Têxteis Esportivos

Pôster:

Tecnologias Vestíveis Aplicadas À Saúde Da Coluna Vertebral: Uma Revisão Da Literatura

Pôster:

Estudo Da Extração De Corante Natural Que Confere Proteção Ultravioleta Em Fibras Naturais

Pôster:

Influência Da Preparação Do Substrato No Tingimento De Fibras De Algodão Com Corante Natural De Borra De Vinho

Pôster:

O Desafio Da Sustentabilidade Nas Lavanderias Industriais De Cianorte

Pôster:

Sustentabilidade Socioambiental: Reuso Dos Descartes Têxteis Em Projetos Sociais

Pôster:

Desenvolvimento De Produto De Moda Com Processo Sustentável E Economia Criativa: Estudo De Caso No Estado De Pernambuco.

Pôster:

Moda e Cultura popular Paulista : Contribuições e possibilidade

×

Sala 1: Moda

A Relação Entre A Engenharia Têxtil/Produção E O Design De Moda Em Uma Indústria Têxtil.

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Determinação Do Ponto De Carga Zero Como Característica Importante No Tingimento De Fibras Proteicas

Sala 3: Sustentabilidade

Artesanato Têxtil Como Forma De Sustentabilidade

Sala 4: Gestão

Corante Natural E Produção Local

Sala 1: Moda

Metodolgia Para O Vestuário Nos Setores De Modelagem E Prototipagem – Tabela De Medidas

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Análise Da Viabilidade Técnica Da Utilização Do Passador No Processo De Fiação 100% Algodão No Sistema Open End

Sala 3: Sustentabilidade

Manejo E Aproveitamento Têxtil Da Fibra De Tucum (Astrocaryum Chambira Burret)

Sala 4: Gestão

DESENVOLVIMENTO E CONSTRUÇÃO DE UM APLICATIVO PARA DETERMINAÇÃO DE CÁLCULOS DE PRODUÇÃO DO SETOR DE FIAÇÃO DE ALGODÃO

Sala 1: Moda

Flora Idade: Um Experiência Em Design De Moda Com Grupos Focais

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Desenvolvimento De Materiais Compósitos Híbridos A Partir Do Reaproveitamento De Fibra De Vidro Proveniente Da Indústria Eólica

Sala 3: Sustentabilidade

Implementação Do Plano De Gerenciamento De Resíduos Sólidos Têxteis

Sala 4: Sutentabilidade e Gestão

Desenvolvimento e Construção de um Aplicativo para Determinação de Cálculos de Produção do Setor de Fiação de Algodão

Sala 1: Moda

A Abordagem Do Design Thinking Para Inovação Do Processo De Desenvolvimento Do Produto De Moda

Sala 2: Tecnologia Têxtil

Desenvolvimento De Estrutura De Malha Por Trama Auxética Utilizando Fios De Elevado Desempenho

Sala 3: Sustentabilidade

Reaproveitamento De Banners Na Confecção De Produtos Sustentáveis

Sala 4: Gestão

-